domingo, 13 de setembro de 2009

I Culturart da FFPNM

video

Programação:

21/09/09 – Tarde: Recital e leitura de manifesto do evento.
Noite: Entrada de maracatu rural e leitura de manifesto do evento.

22/09/09 – Tarde: Exibição do cineclube Azouganda.
Noite: Mesa redonda: História e difusão do cinema pernambucano. Debatedores: Alberon Lemos, Cineclube Azouganda, Paulo Caldas (possivelmente).

23/09/09 – Tarde: Oficinas: teatro, fotografia e circo.
Noite: Mesa redonda: A influência da cultura popular da zona da mata norte nos movimentos musicais surgidos nos anos 1970 a 2000.
Debatedores: Silvério Pessoa, Helder Aragão (DJ dolores), Fred 04 e Sérgio Cassiano.

25/09/09 – Tarde e noite: Show com bandas dos estudantes da FFPNM e apresentação de teatro.

O I CULTURA ART traz como temática, um apelo pelo resgate da cultura da cidade de Nazaré da Mata como forma de emancipar e de criar uma alternativa econômica do povo que ainda em pleno século XXI continua sendo escravo do cultivo da cana de açúcar e vivendo em condições miseráveis.

Atualmente, segundo pesquisa do FIDEM, mais de 60% da população de Nazaré da Mata vive com menos ou nenhum salário mínimo. É com base nesses dados que os acadêmicos Universidade de Pernambuco – campus Nazaré da Mata em conjunto com algumas entidades da cidade e professores irão realizara a I CULTURART com o intuito de interagir com diversos atores sociais na reflexão sobre o papel da educação em uma sociedade cada vez mais de caráter multicultural.

A cultura deve ficar em evidência não como utopia, mas como produção do próprio povo. Com a efetivação do referido projeto vamos chamar a atenção do poder público para a valorização dos já e grupos existentes, pontos de cultura e também no apoio para criação de outros.

Assim sendo, a cultura deve ser valorizada, não como esmola. A diversidade cultural é o nosso patrimônio e a nossa história. Tomamos essa valorização como uma dos eixos do projeto, assim como o incentivo e apoio as AÇÕES realizadas inter cursos , quer nos espaços intra muros da UPE- Campus Nazaré ou noutros espaços educativos desenvolvidas pelos estudantes das diversas licenciaturas.

"Justiça, trabalho e vida"


Dia 07 de setembro é comemorado em todo o País a independência.
Emancipação política, liberdade, essa, da dominação, da colonização de Portugal.
E hoje de quem somos livres e emancipados? Qual a liberdade que o povo brasileiro tem?
A da fome? Da ignorância? Do analfabetismo? Da terra? Do respeito? Do desemprego? Da justiça?
Qual é a liberdade e emancipação que esperamos do Brasil?
Qual independência que necessitamos?
È por um País verdadeiramente independente para seu povo que há a 15 anos muitas entidades dos movimentos sociais se organizam em uma grande manifestação denominada “Grito dos excluídos” que aqui no Brasil ocorre no dia 7 de setembro.
O Grito dos excluídos mobiliza milhões de pessoas com o tema “justiça, trabalho e vida” , unidos para se fazer escutar as vozes da indignação e esperança, para reverter a situação vergonhosa de miséria e de exclusão que está submetida a maioria da humanidade.
Esse ano em sua 15° edição em Pernambuco os manifestantes se localizarão na Praça Oswaldo Cruz e foram em direção a Praça do Carmo onde se encerrou o evento com discursos e palavras de ordem por justiça, paz e trabalho.
O Diretório Acadêmico Gregório Bezerra junto com o Diretório Acadêmico Josué de Castro e o DCE, levaram para o evento as reivindicações da UPE, pedindo o fim das cobranças de taxas em uma Universidade Publica e autonomia devida de gestão.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

IX Semana do Biólogo




As inscrições custam apenas R$ 5,00.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Entrevista do JC com Frei Beto


Estamos reproduzindo a entrevista de Frei Betto, dada ao Jornal do Commercio de Pernambuco. Frei Betto foi um dos responsáveis pela articulação da Igreja Progressista na formação do PT.

Jornal do Comércio 25.8.09
“Lula e o PT se afastaram dos movimentos sociais”
Publicado em 25.08.2009

Uma das vozes mais respeitadas na luta contra a ditadura miltar e pela justiça social, Carlos Alberto Libânio Christo, Frei Betto, tem um acordo com o presidente Lula, de quem foi assessor especial até 2004: não falar sobre a amizade de ambos. Teólogo e escritor, com 51 livros publicados, Frei Betto, porém, não abre mão das críticas ao (des)caminho do governo e do PT. De passagem pelo Recife ontem, um dia antes de completar 65 anos, apontou o afastamento dos movimentos sociais e a ausência de reformas estruturadoras como os maiores erros de Lula. Também se mostrou feliz com a possível candidatura ao Planalto pelo PV da senadora e ex-petista Marina Silva (AC).
PERGUNTA – Qual o maior desalento com a política partidária feita no Brasil?
FREI BETTO – É que a democracia, que foi conquistada com muito sangue, suor e lágrimas, relativamente chegou ao mundo político. Mas não ao econômico. Ainda há uma brutal desigualdade social no Brasil. São 31 milhões de pessoas na miséria, em um País altamente produtivo que nunca fez uma reforma agrária. Só há dois países nas três América que não fizeram a reforma: Brasil e Argentina.
PERGUNTA – Lula carrega o ônus de não ter realizado essa reforma?
FREI BETTO – Creio que o governo Lula representa um avanço muito importante frente aos anteriores. Mas Lula e o PT tinham o compromisso de realizar reformas de estrutura. Talvez essa seja a primeira grande oportunidade histórica pela via pacífica e democrática. Mas até agora não há nenhuma reforma. Em vários aspectos o governo dele é positivo. Dou nota dez à política externa. Acho importante o Bolsa Família, mas era muito mais importante o Fome Zero (antecessor), que o próprio governo descartou. Ele tinha um caráter emancipatório. O Bolsa Família é compensatório.
PERGUNTA – Ainda há tempo?
FREI BETTO – Não dá mais. Já entramos no período eleitoral. Tudo agora vai ser feito em função das urnas. A crise no Senado não é um problema do presidente Sarney. É um problema da falta de reforma política. Ou seja, temos uma representação política muito viciada. Como um Estado como o Amapá pode ter o mesmo números de senadores do que São Paulo? Está errado! E não se mexeu nisso. Resultado: o tumor está sendo suturado.
PERGUNTA – Há caráter eleitoreiro no Bolsa Família?
FREI BETTO – Não conheço nenhum político que faça alguma coisa sem pensar em eleição. O que lamento é que não tem porta de saída. Quem entraria no Fome Zero ficaria, no máximo, dois anos recebendo do governo. Depois, estaria em condições de produzir a própria renda. E isso foi substituído, o que cria uma dependência das famílias. Até agora ninguém encontrou nenhuma saída.
PERGUNTA – O presidente tem base no Congresso e popularidade recorde. Mas não usou isso em favor das reformas. Foi o maior pecado?
FREI BETTO – Escrevi dois livros para divulgar minha análise sobre o governo Lula (A mosca azul e Calendário do Poder). Neles, enfatizo que o governo Lula era o primeiro na história do Brasil que tinha duas pernas de governabilidade: movimentos sociais, que o elegeram, e o Parlamento. Todos os presidentes dependem apenas do Parlamento. Lula poderia ter apoiado sua governabilidade também nos movimentos sociais. Aí teria tido uma força incrível para fazer as reformas que quisesse. Lamentavelmente, o presidente descartou o apoio dos movimentos sociais. Pelo contrário. Até cooptou. Hoje, a CUT e a UNE não têm nenhuma avaliação crítica. A exceção é o MST.
PERGUNTA – Por onde passaria a reconciliação do PT com as antigas bandeiras?
FREI BETTO – Continuo investindo nos movimentos sociais. Agora, vejo como muito positiva a entrada da senadora Marina Silva no páreo presidencial. Temia que, só com dois candidatos, o pleito se resumisse a um debate de avaliação do governo Lula, num olhar para o que passou. Com a entrada da Marina, vai ser um olhar para o projeto Brasil. Ou seja, todos os candidatos terão que discutir que Brasil que nós queremos.
PERGUNTA – O tamanho do PV atrapalharia esse projeto?
FREI BETTO – Isso é bobagem. Quem é que diria que o Collor iria chegar a presidente. O brasileiro é pouco partidarizado. O negócio dele é a figura humana.
PERGUNTA – Marina atrapalha a candidatura da ministra Dilma Rousseff?
FREI BETTO – Claro. Divide. Há um grande contingente de eleitores que não votariam em Serra, mas em Dilma. Conheço vários que pensam em votar em Marina.
PERGUNTA – O senhor vê o PT caminhando para o fim?
FREI BETTO – Não. Acho que o PT tem fôlego para muitos anos. Mas não mais com militantes. Mas com correligionários, o que é diferente. Preocupo-me quando vejo candidatos majoritários do PT pagarem pessoas para fazer campanha de rua. Vi o PT atuar com militância voluntária e idealista. Receio que o PT dos anos 80 tenha sido descartado pelo próprio PT. Seus dois grandes capitais eram a ética e o vínculo com os movimentos sociais. E ele perdeu os dois. Agora, como recuperar, não sei.
PERGUNTA – O papel de Lula foi determinante para o esfacelamento do partido?
FREI BETTO – Evidente. Ele é o fundador, o inspirador. No caso do Senado, tomou uma posição em defesa do Sarney, sem sequer apurar as denúncias.
PERGUNTA – O senhor conversou com ele sobre isso?
FREI BETTO – Não falo da minha amizade com o presidente.
PERGUNTA – Em quem o senhor pretende votar?
FREI BETTO – Estou balançado entre Dilma e Marina.
PERGUNTA – Como o presidente Lula vai entrar para a História?
FREI BETTO – Como um grande estadista, como Getúlio ficou.
PERGUNTA – Mas que não fez as reformas.
FREI BETTO – Isso, infelizmente, só a minoria percebe. O povo está feliz porque tem estabilidade econômica, vai à feira e o preço é o mesmo, tem Bolsa Família
reportagem:Jorge Cavalcanti – jorge.cavalcanti@jc.com.br

Encontro político com os feras da segunda entrada.




O encontro foi promovido pelo Diretório Acadêmico Gregório Bezerra - gestão "A casa" e contou com participação do Diretório Central de Estudantes - DCE, do Coletivo Universidade para Pernambuco e do C.A. de Letras - CALET.
Com a proposta de discutir a Universidade de Pernambuco e o movimento estudantil local, a discussão por muito passou a questionamentos sobre as entidades gerais como a UNE e UEP e sua atuação na UPE.
Calouros do curso de Letras, Biológica se matemática participaram do evento que encerrou a semana de recepção dos calouros da FFPNM.




terça-feira, 1 de setembro de 2009

I Encontro de Meio Ambiente Urbano

Entre os dias 02 e 05/09/09, a Universidade de Pernambuco (UPE), através do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade (ICB/UPE), promove o Io Encontro de Meio Ambiente Urbano, que discutirá a necessidade de Desenvolvimento Sustentável para as cidades.
O evento, que tem como principal objetivo discutir a relevância das dinâmicas ecológicas presentes no ambiente urbano, irá destacar e questionar a visão comum do termo “Meio Ambiente”, que naturalmente é empregado para designar áreas de florestas intocadas/protegidas, ecossistemas ameaçados etc., mas que raramente inclui os centros urbanos, o ambiente do homem moderno. Os interessados em participar devem se dirigir à Coordenação Setorial de Extensão do ICB/UPE para realizar suas inscrições que custam R$ 10,00 (dez reais). O evento será composto por palestras, mesas-redondas e oficinas e é uma realização do Diretório Acadêmico Elizabete Malaquias, do curso de ciências biológicas da UPE, em parceria com o Diretório Acadêmico Gregório Bezerra do campus da UPE em Nazaré da Mata. O ICB/UPE fica na Rua Arnóbio Marques, 310 – Santo Amaro, telefone: (81) 3183-3311.
E se você não puder participar do evento acompanhe os debates pela TV Universitária (TVU), que fará cobertura do mesmo.


PROGRAMAÇÃO





Sites onde o evento está divulgado:
Portal da UPE: http://www.upe.br/index.php?option=com_content&view=article&id=739:upe-promove-io-encontro-de-meio-ambiente-urbano&catid=36:catnoticiasBlog Venture Bikers: http://venturebikers.wordpress.com/2009/08/31/i-encontro-de-meio-ambiente-urbano/Blog Energia Coletiva: http://energia-coletiva.blogspot.com/2009/08/evento-discute-necessidade-de.htmlGrupo Partilha EcoProjetos: http://grupopartilha.blogspot.com/2009/08/evento-discute-necessidade-de.htmlPE360graus: http://pe360graus.globo.com/noticias/cidades/meio-ambiente/2009/08/31/NWS,497353,4,77,NOTICIAS,766-MEIO-AMBIENTE-CENTROS-URBANOS-TEMA-EVENTO-UPE.aspxFolha de PE: http://www.folhape.com.br/folhape/materia_online.asp?data_edicao=17/08/2009&mat=160173Comunidade Excola: http://www.exkola.com.br/scripts/noticia.php?id=21491118Blog do D.A: http://dacbupe.wordpress.com/Blog do DCE: http://www.dceupe.org/

domingo, 23 de agosto de 2009

No dia 17/08/09 finalmente as obras do novo campus UPE – Nazaré da Mata (FFPNM) se iniciaram. Em uma tarde cheia de representantes políticos e da reitoria a placa de lançamento da obra foi inaugurada e da previsão para conclusão das obras em julho do ano que vem. Na cerimônia o Diretório Acadêmico teve voz e através de sua representante presente no evento, Tereza Helena, convidou a todos os presentes a fazerem uma reflexão das lutas que devem continuar sendo travadas na Universidade na qual ainda continua vivendo suas contradições sem autonomia de gestão financeira e a gratuidade de ensino.
A obra será construída em um terreno de três hectares onde serão erguidos dois blocos, com 32 salas de aula, laboratórios, biblioteca e sala de professores. Ainda fica prevista a construção de um bloco administrativo e serão investidos cerca de R$ 3 milhões no empreendimento.



Manifestação do D.A. no evento.



Discurso do D.A.G.B no evento.


Links com matérias do evento:
(Portal da UPE)


http://www.upe.br/index.php?option=com_content&view=article&id=720:upe-deu-inicio-as-obras-do-novo-campus-em-nazare-da-mata&catid=36:catnoticias

(Site de Paulo Rubens Santiago)
http://paulorubem.com.br/mandato-participa-do-ato-de-expansao-da-univesidade-de-pernambuco-em-nazare-da-mata/































quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Agenda rápida do D.A.G.B

Hoje, Quarta-feria (19-08-2009), debate sobre Movimento estudantil.
Local: espaço Paulo Freire.
Horário: 19:00.

Hoje,Formação Politica dos Calouros.
Local: Sala de video conferência.
Horário: 16:00.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

As novas perspectivas do Movimento Estudantil Nacional - CONUNE 2009

Como realização de mais uma atividade o D.A.G.B manda o único delegado da FFPNM ao 51° congresso da UNE eleito pela chapa Universidade para Pernambuco que é formada pelo coletivo de algumas gestões de D.A's da UPE ( D.A.G.B – FFPNM, D.A. - FCM, D.A.C.B – ICB, D.A. - FENSG, D.A. - FCAP, D.A. - POLI, D.A. - FOP).
Fundamentados em um movimento independente, suprapartidário, o coletivo Universidade para Pernambuco, mesmo com todas as dificuldades, conseguiu realizar intervenções importantes no congresso e conseguiu ainda voltar dele com algumas atividades fundamentais para política estudantil brasileira.
Além de participarmos e realizarmos intervenções nas mesas de discussão sobre políticas públicas para juventude, desenvolvimento sustentável e passe livre, conseguimos em conjunto com estudantes da PUC-Campinas lançar um movimento independente, que vem surgir para agregar e garantir o direito de estudantes brasileiros que são suprapartidários a participarem das discussões e lutarem por uma nova política no cenário estudantil livre do aparelhamento e engessamento partidário, no qual se encontra atualmente. Convictos que o Movimento estudantil nacional está decadente, sem ideologia, força, crédito, mobilização por causa da manipulação partidária, sobretudo pela UJS (Juventude do PCdoB) que a mais de 15 anos ocupa a majoritária da entidade, vemos em um futuro a mudança e o resgate de nossa entidade através de um movimento de estudantes independentes, livres de intervenções partidárias e que visam a melhora da educação, da universidade brasileira e não fazem da política estudantil trampolim para política nacional. O movimento foi lançado na plenária final do congresso dentro do debate de chapas que concorriam para nova gestão da UNE. Foi nessa estratégia que o coletivo, com 12 estudantes, apresentou o movimento: “Vai surgir uma nova frente: movimento independente. – filhos da PUCC e da UPE.”. Vaiados e não aceitos por mostrarmos uma nova perspectiva libertária em um movimento viciado partidariamente seguimos em nossos Estados agregando mais estudantes que sonham com a volta de um movimento estudantil combativo contra as injustiças e corrupções que hoje vivemos.
Foto: lançamento do Mov. Independente (plenária final)
Nunca na história desse País

O 51° congresso da UNE aconteceu de 15 a 19 de julho desse ano em Brasília, na UNB (Universidade de Brasília) e contou com mais de 5.000 estudantes oriundos de todos os Estados brasileiros que foram alojados de forma aleatória e desrespeitosa em escolas distantes da Universidade e sem estrutura favorável para as mínimas necessidades como, banheiros com chuveiros e banheiros para realização de necessidades fisiológicas. Deve ser ressaltada, logicamente, uma exceção para a delegação de estudantes filiados a UJS que tiveram certa comodidade em seus alojamentos dispondo dos aparatos mínimos citados anteriormente, que se fazem tão necessários à sobrevivência sócio-comportamental do homem. É assim que se vê o real sentido de socialismo pregado por essas juventudes onde uns no poder têm mais direitos que os outros que não estão no poder.
As atividades de discussão foram escassas, o congresso se resumiu a painéis onde o debate sobre os temas propostos era limitado, os G.D's como em qualquer congresso, são importantíssimos para serem apresentadas propostas de cunho político e que regeriam as realizações e atuação da nova gestão da entidade, foram quase inexistente por falta de divulgação, aos congressistas, das salas e horários dificultando mais uma vez o debate.
Foram priorizadas, no congresso, atividades altamente de propaganda do Governo: “nunca na história desse País” um presidente participou e discursou em um congresso da UNE. Em um ato político do congresso, os estudantes foram às ruas combater a corrupção? Não. Pela preservação da Floresta Amazônica? Nada disso. A UNE protestou contra a criação da CPI da Petrobras, uma das patrocinadoras do evento. A antes combativa entidade estudantil inovou em sua servidão ao poder em troca de dinheiro. (Gustavo Ribeiro – veja.com).
E foi assim entre divulgação do governo, apoio à candidatura de Dilma Rousseff em 2010, aprovado como meta da entidade na plenária final, patrocínios milionários da Petrobras, e sem reivindicação, ato político e discussão que ocorreu o 51° congresso da UNE.
A culminância de toda a política falida que vive nossa entidade foi à eleição do mais novo presidente. Mais um estudante profissional do movimento estudantil, filiado a UJS, que hoje já está em seu terceiro curso universitário, diga-se de passagem, nenhum dos quais finalizados pelo mesmo, e que irá receber enquanto salário da entidade R$ 1.200,00 para continuar ficticiamente lutando por nossos interesses e gerindo os milhões de nossa milionária entidade que são recebidos do chefe-mor, o Governo Federal.


Coligação UNE/GOVERNO Lula.

terça-feira, 7 de abril de 2009

Luto.


Nós do Diretório Acadêmico Gregório Bezerra, através desta nota de pesar, declaramos o nosso estado de luto e prestamos condolências à família do professor Almir Olímpio Alves, que foi assassinado nos Estados Unidos na sexta-feira dia 3 de abril. Pêsames aos amigos, alunos e a família.

Secretária de Comunicação do D.A.G.B

Gestão A Casa

quarta-feira, 25 de março de 2009

Eleições do DCE UPE

O Diretório Acadêmico Gregório Bezerra não se posiciona a favor de nenhuma das duas chapas que concorrem ao pleito eleitoral para o DCE UPE. Com as fraudes ocorridas nas eleições passada, tais como a impugnação de urnas de nosso campus e de outros campis, talvez o resultado das eleições fosse diferente. Aliado a isso, temos a idéia de suprapartidarismo que o D.A. projeta desde a nossa campanha, não poderíamos apoiar chapas que são financiadas por partidos políticos. De um lado a Chapa 1, “Ousar lutar, Ousar Vencer” que atendia pelo nome de “todos juntos somos fortes” com velhas raposas do Movimento estudantil, financiadas pela Ala Esquerdista do Partido dos Trabalhadores(PT). Do outro lado, com o nome de “Da unidade vai nascer a novidade”, a chapa 2, também com o financiamento vindo de partidos políticos através um grupo de militantes da UJS, uma militância dentro do Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

Juntamente com os DA’s da FCAP e da FOP, a gestão “A Casa” do Diretório Acadêmico de Nazaré da Mata, prefere se afastar deste processo eleitoral (prezando até pela nossa integridade física). Com a saída da chapa suprapartidária que existia (A Viramundo), decidimos não abandonar o DCE-UPE, até por que somos interessados na movimentação deste espaço dedicado a estudantes mas que infelizmente será tomado por partidos políticos. Lembrando que não estamos fazendo campanha para votar nulo, pois seremos os principais responsáveis por quem viermos a (não) eleger. Se quiser saber mais informações. Procurem-nos.

Gilberto Junior “Doug”
Vice-Presidente do D.A.G.B.

Gestão “A Casa”

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Secretaria de Comunicação do D.A.G.B.
Gestão A Casa

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009



o


Segunda-feira ocorreu na quadra da faculdade de formação de professores de Nazaré da Mata, a aula magna de recepção aos feras da faculdade supracitada. Estavam presentes além dos alunos, a diretoria da faculdade, representada pelo Diretor Luis Alberto e pela vice Maria Auxiliadora, grande parte do corpo docente, além dos coordenadores dos cursos. Também estiveram presentes na aula dois representantes do Diretório Acadêmico Gregório Bezerra, e quatro representantes dos Centros Acadêmicos que estão ativos na faculdade. O D.A.G.B. foi representado por seu Presidente, o aluno Breno Michel, e o Vice-Presidente, o aluno Gilberto Junior “Doug”. O diretor Luis Alberto abriu o evento falando da reforma que ocorrerá na faculdade que iniciará ainda este ano. A palavra foi passada a vice-diretora Mª. Auxiliadora que falou da importância da faculdade como agente social. Após isso o direito de fala foi passado ao representante do corpo discente na faculdade que foi o presidente Breno Michel, que começou com uma indagação sobre Pública x Privada, e deu as boas vindas aos calouros. Breno falou também sobre uma Assembléia Geral de Estudantes que abordará um dos problemas dos estudantes que moram na Região Metropolitana do Recife: O Transporte. Ainda com a palavra Breno falou sobre o “Almanaque do Fera” que será entregue aos mesmos em breve e também sobre o projeto Impressão Gratuita que ocorre a um ano no D.A.G.B, e que agora é totalmente gratuito, visto que o mesmo Diretório disponibilizará* as folhas para os alunos imprimirem. O evento foi finalizado então pelo diretor Luis Alberto, e todos retornaram as suas salas.

Secretaria de Comunicação do D.A.G.B

Gestão A CASA

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Reunião dos Trasnportes.


Através desta nota, viemos destacar o que de principal aconteceu na reunião que houve no dia 12 de janeiro de 2009, cuja pauta foi o transporte de alunos para a Faculdade de Formação de Professores de Nazaré da Mata. Participaram desta reunião quase 20 pessoas dentre elas cinco calouros, representantes do Movimento Estudantil da Interaja e membros do Diretório Acadêmico. A princípio os presentes discutiram formas de tentar sanar os problemas com o transporte, tais como o previsível aumento, horário, qualidade do serviço, etc. Foi proposta, com a aprovação dos presentes a criação de um contrato único para cada aluno, com a empresa ou o motorista que faz o transporte. Foi decidido também que seria marcada uma Assembléia Geral dos Estudantes no dia 12 de Fevereiro(quinta-feira), na qual discutiremos o contrato e aprovaremos a inclusão de novas clausulas. Após essa reunião será marcada uma reunião entre o Diretório Acadêmico, os diretores da faculdade e os motoristas do transporte universitário. Assim o D.A.G.B., espera sanar ou pelo menos minimizar este problemas.


Secretaria de Comunicação do D.A.G.B

Gestão A CASA

domingo, 4 de janeiro de 2009

Reunião Ampliada do D.A.G.B



Clique para ampliar o folder.
Contamos com a presença de todos.

A Casa

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Matrícula dos Veteranos


Acima seguem as datas de matrícula para os alunos veteranos.

A Casa

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Reunião do Conselho de Gestão Acadêmica e Administrativa –CGA

Reunião do Conselho de Gestão Acadêmica e Administrativa –CGA
Data: 18 de dezembro de 2008.
Local: Sala de reuniões do conselho na FFPNM.
Membros do D.A participantes:
Breno Michel, Tereza Helena, Serquiz e Ricardo.


Pauta:
. Aprovação da ata de reunião – 27/11/2008.
1 – Ajuda de custo para professora Maria Rosalva dos Santos participar do XIX Encontro Nacional de Geografia Agrária em São Paulo, de 02 a 07 de fevereiro de 2009.
2- Aprovação do calendário 2009.
3- Dilatação do prazo de integralização do curso.
4- Professores a disposição que não são necessários.
5- Convocação para nova eleição para a A.A.A. (Associação Atlética Acadêmica)
6- Comunicação da direção.
7- Outros.

OBS: Caros estudantes será postado aqui o resumo dos pontos mais importantes das discussões e aprovações dessa reunião. A ata na integra será postada em janeiro após a próxima reunião do conselho onde teremos posse da oficial.

Ponto 2 (aprovação do calendário 2009)
A professora Adriana Paulo, sugeriu alteração no calendário do primeiro semestre de 2009. Tendo em vista que os professores precisam trabalhar uma carga horária de 100 dias letivos de aula.
A proposta foi respaldada na reunião pelo D.A., pois iria beneficiar os estudantes em relação ao transporte de acesso a FFPNM. Como todos sabem geralmente nos finais de semestre os motoristas deixam de levar os estudantes cobrando mensalidade, passando a cobrar diária e ainda ocorre a super lotação dos ônibus, já que não são todos que continuam indo a Nazaré.
Foi defendido pelo D.A. e a professora Adriana o esticamento das aulas até o final de maio e realização de provas no mês de junho.
A alteração do calendário foi aprovada e em breve será divulgada aqui com seus reajustes de datas. Esse que ficou sob responsabilidade de Fátima Dantas (escolaridade) e será entregue no próximo conselho para aprovação.
Ponto 5 ( Eleição A.A.A.)
O D.A. comunicou a direção sobre a realização de assembléia para alteração do estatuto da Associação Atlética e eleição para nova gestão. Já que o antigo estatuto colocava sobre responsabilidade da direção da FFPNM a realização de novas eleições caso a A.A.A. tivesse desativada.
Salientando que, o D.A. não esta de posse desse estatuto, pois não foi entregue a gestão “a Praça - 2007” pela gestão anterior do D.A. em 2006.
Ponto 7- Outros.

* O D.A. pediu esclarecimento em relação às reformas da FFPNM ao diretor Luiz Alberto.
Foi assegurado as aulas em 2009, porém o mesmo afirmou indefinição sobre o local e os cursos que serão penalizados com aulas fora da faculdade já que o bloco A e B continuarão em funcionamento no ano de 2009.
As reformas serão de contrucaos de 32 salas nos blocos E, C e termino da construção do auditório.
O valor estimado da reforma é acima dos 2 milhões pois os engenheiros estão fazendo analises no projeto da obra. Por esse motivo o processo licitação foi adiado para o dia 19-12-08.

*A professora Adriana representando o professor José Maria apresentou o projeto de monitoria para a disciplina de História Medieval I. O projeto foi aprovado no conselho.

Projeto (Resumo)
Introdução
Dentro dos parâmetros estabelecidos nesta unidade, a monitoria é um programa que visa estimular a aptidão à docência, à investigação cientifica e à extensão de alunos de graduação. Este trabalho proposto objetiva um maior aproveitamento da disciplina, bem como uma melhor formação dos alunos regularmente matriculados e do monitor aprovado a partir de seleção aberta.

Objetivos

Este grupo, orientado pelo professor José Maria e dirigido por um aluno-monitor, promoverá estudos sistemáticos em horário extra-curriculares. De ingresso espontâneo, estará aberto para todos que se dispuserem a conhecer mais profundamente a cultura cristã através de encontros realizados em datas estabelecidas com antecedência para atividade de leitura e discussão em conjunto, com os objetivos de:

Auxiliar o aprendizado e no rendimento das disciplinas que apresentam relação com a literatura cristã;
Promover uma melhor compreensão dos textos mediante uma leitura dirigida;
Auxiliar do desenvolvimento da didática adotada para a disciplina;
Fomentar o interesse dos alunos da FFPNM pela temática da literatura cristã inicial;
Facilitar o relacionamento entre os alunos e professor na execução e melhoria do plano de ensino – aprendizagem;
Possibilitar um maior acompanhamento das turmas, estabelecendo o monitor como uma ponte de diálogo entre elas e o professor;
Contribuir para formação do aluno-monitor, criando condições para seu aprofundamento teórico aliado ao desenvolvimento de suas habilidades relacionadas à docência;
Auxiliar na construção das disciplina, ao participar da elaboração de seu planejamento.

Atribuições do monitor

Coordenar as reuniões de leitura dirigida, discutindo com os alunos os textos, ajudando no estabelecimento de pontes de compreensão e relacionando-os com as disciplinas cursadas;
Realizar atendimento aos alunos para esclarecimento de dúvidas sobre o decorrer da disciplina e elucidação de determinados conceitos;
Debater com o professor os temas a serem abordados em sala de aula e desenvolver estratégias didáticas para sua melhor transposição;
Ministra aulas, supervisionado presencialmente pelo professor orientador, sobre a Igreja Cristã inicial e seu pensamento;
Produção de trabalhos científicos (comunicação, pôster, artigo).

Professor José Maria Gomes de Souza Neto.

domingo, 14 de dezembro de 2008

ATA DA PRIMEIRA REUNIÃO - A CASA

Reunião do Diretório Acadêmico Gregório Bezerra
Data: 08/12/08
Horário: 17hrs
Local: Shopping Boa Vista
ABERTA A TODOS ESTUDANTES DA FFPNM-UPE

Pauta sugerida e aprovada pelos presentes:
- Apresentação dos presentes na reunião,
- Discussão de coordenações de trabalho da gestão,
- Discussão de uma nova Cartilha do Fera,
- Comunicação: e-mail, blog da gestão,
- Eleição da Associação Atlética Acadêmica (A.A.A.)
- Contrato de Fábio Xérox,
- Calourada de Recepção dos Feras.

Apresentação:
Logo após a aprovação da pauta, os presentes fizeram uma breve apresentação informando seu nome, o curso e o período que estavam cursando na faculdade.
- Coordenações de trabalho da gestão:
Em seguida discutiram-se possíveis coordenações, afim de uma melhor distribuição de trabalho e responsabilidades dos membros no dia-a-dia da gestão A Casa a frente do D.A.
Ficaram decididas cinco coordenações. São as seguintes com seus respectivos membros:
- Cultura: Tatiana (Geografia), Marina (História), Eduardo (Pedagogia), Débora (Letras), Camila (Letras), Aninha (Letras).
- Esportes: Diego (Letras), Felipe (C. Biológicas), Ednardo (Letras), Manoel (Matemática).
-Comunicação: Gilberto "Doug" (Letras), Aninha (Letras), Serquiz (Letras), Davi (Letras), Tereza (C. Biológicas).
-Financeira: Tereza (C. Biológicas), Ednardo (Letras), Ivan (História).
-Assistência Estudantil: Breno (Matemática), Tereza (C. Biológicas), Gilberto "Doug"(Letras).

O Membro pode participar de quantas coordenações quiser desde que compareça nas reuniões das mesmas, que irão se organizar em torno de projetos a serem realizados pelo diretório. As decisões tomadas nas reuniões das coordenações devem ser levadas para todo o grupo nas reuniões da gestão, para que todos saibam o que está acontecendo na gestão e que possam também participar ajudando como e quando quiserem.
Os membros da gestão que ainda não se encontram em nenhuma coordenação, comuniquem ao grupo para fazer parte da coordenação que queira contribuir.

Comunicação:
O terceiro ponto de pauta discutido na reunião foi sobre a comunicação dos membros da gestão como também dos estudantes da FFPNM com o D.A. Ficou acordado a criação de um e-mail da gestão onde todos possam se comunicar com a mesma. Gilberto "Doug" comunicou a todos sobre a existência do e-mail que é dagbacasa@hotmail.com, e do Blog da gestão http://dagbacasa.blogspot.com/, ambos foram aprovados como meios de comunicação oficiais da gestão, e todos os membros terão acesso à senha do e-mail e do blog. Porém, o aluno Gilberto "Doug" ficou encarregado da constante atualização do blog do D.A.

Cartilha do fera:
Após uma discussão sobre o que poderia ser mudado na antiga cartilha do fera. Ficou sobre a responsabilidade de Aninha, Gilberto "Doug", Marina, Tatiana e Tereza a edição da Cartilha do fera 2009.

Associação Atlética acadêmica:
Após discussão sobre o modelo ideal da Atlética para nossa faculdade, entendendo a complexidade do assunto ficou sobre a responsabilidade da coordenação de esportes, convocar uma reunião aberta para discutir eleição e modelo de estatuto da associação atlética.

Contrato com Fábio Xérox:
Breno explicou aos presentes sobre o fim do contrato com Fábio da Xérox que fica nas dependências do diretório. E foi informado também que já foi dada uma proposta de renovação de contrato, com duração de apenas 1 ano, e valor de aluguel com reajuste que passará a ser R$ 300,00. Foi discutida uma possível contraproposta do valor que será discutido com Fábio já que ele tem prioridade, de aluguel do espaço, pela lei. Breno também ficou encarregado de procurar à pró - reitoria jurídica da UPE afim de esclarecimentos sobre o novo contrato.

Calourada de Recepção dos Feras:
Encarregaram-se de organizar e irem atrás de recurso financeiro para realização da mesma: Tereza, Camila, Débora, Breno, Tatiana e Marina. Foi aprovado que a festa terá uma tenda eletrônica.Ficou marcada próxima reunião para o dia 18-12-08, as 16hrs em local a definir para discutir calourada e cartilha do fera.

Presentes na reunião:
- Tereza Helena,
- Marina Abelenda,
- Tatiana Cavalcanti,
-Ana Lídia,
-Gilberto Alves,
-Serquiz Elias,
-Diego Martins,
-Breno Michel,
-Dafny Luz,
-Ednardo Oliveira,
-Sérgio Mendes.

domingo, 7 de dezembro de 2008

Reunião de Planejamento!


Amanhã, ocorrerá uma reunião de Planejamento do ano de 2009, o qual nós integrantes da gestão A CASA debateremos as propostas antigas desde a campanha até as que surgirão. Como prometemos na campanha o D.A.G.B será aberto a todo estudante seja ele situação ou oposição. Então através deste blog venho convocar todos os componentes da gestão e estudantes que queiram participar da Reunião de Planejamento.

Onde? No Shopping Boa Vista!

Exatamente onde? Na praça de alimentação do cinema!
Quando? Amanhã dia 08 de dezembro!

Horário? 17:30!


Participe conosco. Contato através do email do DAGB.


acasadagb@hotmail.com


Ou diretamente comigo Doug: gibajunior4@hotmail.com /Fone:88385890!


Gilberto Junior 'Doug', Vice Presidente da CASA, em nome da Secretaria de Comunicação da Casa!

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

A Casa.


A CASA

No ano de 2006 os ventos da mudança sopraram e derrubaram paradoxalmente o que não estava construído, havia somente uma fortaleza de palavras, de bordões e mentiras de grupos que movidos por interesses partidários expropriaram o terreno constitucional, de livre e justo direito dos estudantes. Primeiramente o Diretório Acadêmico Gregório Bezerra foi o ganhador formal no processo eleitoral, ganhara jovens acadêmicos com mentes e corpos voltados unicamente para abraçá-lo e oferecê-lo da melhor forma possível a todo corpo estudantil.

O D.A fora então libertado das correntes partidárias que tanto enferrujaram os instrumentos de mudança, de apoio tão preciso e assistencial a qualquer estudante brasileiro. Seus libertadores, todos nós que votamos, e acreditamos no algo a mais, no algo melhor, fundadores de uma PRAÇA, onde todos eram bem vindos, onde o coreto teria hora e lugar, mais do que nunca próprio ao debate, a discussão nas suas doses diárias de razão e emoção, pois a democracia nas mãos dos jovens conscientes de sua força ferve incandescida, brilhando latente, ligando e iluminando a quem se permite parar e observar a vida estudantil sendo jardinada, regada nos canteiros e trilhas que nos levaram ao melhor lugar, a melhores situações dentro do possível.

Não podendo encerrar o ciclo das transformações nos rejuntamos, firmamos mais uma vez os laços, braços e idéias para compor, planejar mais uma obra estruturadora para todos os estudantes, com A Praça aberta foi preciso fundar vias, caminhos que ligassem diretamente o processo aos objetos, a música aos ouvidos. Ou seja, levar tudo que foi construído, a base, ao maior contingente possível de estudantes. Assim surge de forma simples como na primeira vez outro grupo, com remanescentes e carnes novas que logo se atrelaram no conjunto: aulas, reuniões, pautas, projetos, discussões, eventos, enfim, ao trabalho natural de todo estudante ativo no movimento estudantil.

Assim se fez e ainda é clara a mudança, a segunda obra que passamos a chamar de “A Ponte” surgiu simples como já dito, mas monumental nos seus objetivos. O D.A avolumou seu contato com os estudantes, estes passaram a trocar o “visitar” pelo “ficar” no Diretório, as defesas das causas pareciam mais elásticas graças à participação, os resultados vieram e não foram somente para os que tem cargos (mera formalidade), para os que trabalharam, mas vieram contemplar a todos, inclusive os descrentes ou mesmo para os politicamente contra.

A vontade de prosseguir no que está dando certo é natural, as positividades e a força tem sido maiores que a preguiça de continuar e suas negatividades, mazelas muitas vezes criadas com a intenção de derrubar por derrubar. Assim a natureza do processo define mais uma vez a necessidade de uma terceira obra, uma que pretenda ter elevada a potencia dos resultados satisfatórios das duas últimas.

Por isso se assim os estudantes desejam, querem, uni-vos para mais esta etapa, agora é hora de consolidar nossas conquistas em uma grande moradia, onde sejam confortadas todas as reivindicações dos estudantes da nossa FFPNM, onde nossos problemas e dificuldades encontrem a residência das melhores soluções. Ansiosos nós estamos para mais um ano de lutas, de revolução pelo único caminho possível, rumando para onde mora a prática, a nossa rainha das construções, juntemos nossas mãos na massa e ergamos “A CASA”. O Diretório Acadêmico pertence a todos que aqui estudam, nossa morada das transformações.